Buscar
  • Rodrigo Albuquerque

Berinjela


Berinjela é um legume rico em vitaminas e sais minerais (cálcio, fósforo, ferro e fibras). É famosa por combater o colesterol, mas também previne diabetes e câncer, melhora o intestino e até ajuda a emagrecer.


Benefícios da berinjela


Combate o diabetes: Por ser rica em fibras solúveis, a berinjela apresenta resultados positivos em relação à tolerância à glicose, redução de hiperglicemia pós-prandial e taxa secretória de insulina em indivíduos com diabetes. Isso porque estas fibras reduzem a absorção da glicose durante a digestão, formando um gel que envolve o bolo alimentar.


Reduz o colesterol: Além do efeito das fibras solúveis, que também retarda a absorção do colesterol, a fermentação destas fibras leva à produção de ácidos graxos de cadeia curta no cólon, o que resulta em uma redução do colesterol no sangue.


Ajuda a emagrecer: Estes efeitos das fibras solúveis da berinjela na digestão aumentam a sensação de saciedade, o que evita a ingestão de calorias não necessárias, que podem levar ao ganho de peso. Assim, se você quer evitar aquela vontade de comer carboidratos, frituras e açúcares, invista em receitas com berinjela.

Além disso, ao influenciar positivamente a redução dos picos glicêmicos, há uma menor liberação do hormônio insulina. A insulina é responsável por colocar esse nutriente para dentro das células, mas também é culpada pelo acúmulo de gordura no corpo quando circula em altas quantidades no nosso organismo.


Melhora o intestino: O mesmo gel formado pelas fibras ainda ajuda o bolo fecal a transitar melhor, aprimorando o funcionamento intestinal. Ainda, há uma função prebiótica: ou seja, as fibras sofrem fermentação completa ou parcial no intestino grosso, que é realizada por bactérias benignas, o que estimula o crescimento da microbiota (flora intestinal) e incentiva uma atividade intestinal saudável.


Aumenta a imunidade: Ao estimular as bactérias do intestino, as defesas do nosso corpo também são reforçadas, já que 60% das imunoglobulinas estão nele. E mais: os ácidos resultantes da digestão das fibras impedem que bactérias ruins do intestino se transportem para a corrente sanguínea, evitando que elas sejam capazes de infectar o corpo todo.


Ação antioxidante: A casca da berinjela tem sua coloração arroxeada devido aos flavonoides chamados de antocianinas. Elas protegem nosso organismo de doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, infecções virais e obesidade. Tudo isso devido à sua ação antioxidante, que protege o DNA das células e evita inflamações.


Ao que tudo indica e alguns estudos comprovam, quando a farinha de berinjela é feita com a casca, ela preserva esses nutrientes, colaborando, dessa forma, para a nossa saúde.


Previne doenças cardíacas, anemia e câncer: Como falado acima, a berinjela é rica em antocianina, um antioxidante que ajuda no combate a doenças cardíacas e câncer, e está presente na casca do legume. Além disso, é uma fonte de ácido fólico que, por sua vez, é uma vitamina que estimula a produção de células e previne a anemia.


Receitas com berinjela


Lasanha de berinjela à bolonhesa (sem lactose):

  • 500g de carne moída (patinho)

  • 2 berinjelas fatiadas no sentido longitudinal (comprimento)

  • 1 cebola grande picada

  • 3 dentes de alho picados

  • 3 pimentas dedo de moça picadas e sem sementes

  • 1/2 pimentão verde cortado em cubos

  • 1 xícara de molho de tomate

  • 1 ramo de alecrim

  • 1 ramo de tomilho

  • Orégano, sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo: Passe sal nas fatias de berinjela e deixe descansar por 20 min, para amolecer e perder um pouco de água. Passe as fatias em água corrente para eliminar o sal e reserve. Em uma panela, refogue a cebola, pimentão, alho e pimenta, seguindo essa ordem. Adicione a carne moída e refogue até mudar de vermelho para cinza. Adicione o molho, as ervas, mexa até ferver e desligue.

Em uma forma ou refratário untado com azeite ou óleo, coloque a primeira camada de berinjela e cubra com a carne. Faça camadas até acabar tudo. Por último deve ser a carne com molho. Se quiser, polvilhe queijo ralado sem lactose por cima e leve ao forno pré-aquecido 200 Cº por 20-30 min ou até começar a borbulhar.


Outra receita interessante:


Fonte: minha vida

7 visualizações
 

WhatsApp: (61) 9 9677-1005

©2019 by GreenMove Orgânicos